Perguntas Frequentes

- Inglês (conversação)
- Idade mínima (varia para cada companhia) 18 ou 21 anos
- Conhecimento da área em que deseja trabalhar
- Disponibilidade de viagem de 6 a 9 meses
- Versatilidade
Para as posições de auxiliar em geral exigem que o tripulante tenha um nível Básico de conversação de inglês, pois toda a comunicação a bordo é realizada nesta língua. Em um navio de cruzeiros trabalham muitas nacionalidades distintas e a língua padrão é a inglesa.
Sim. Existem oportunidades para candidatos interessados que desejem iniciar uma carreira a bordo, geralmente são ofertadas posições de auxiliar para permitir ao tripulante se adaptar melhor ao setor do qual fará parte a bordo.
Acesse o link “candidate-se” e preencha corretamente suas informações. Lembre-se de colocar as suas experiências na área que está se cadastrando. É importante que o cadastro seja feito da forma mais completa possível.
Todos os investimentos são em função da documentação e certificação exigidas pelas companhias marítimas de acordo com as regulamentações internacionais, sendo:
- Exames e laudos Médicos
- STCW-95
- Passaporte
- Documentação de cadastro (CV, fotos, etc)
- Transporte até o porto de embarque nacional definido pela companhia marítima
Geralmente é de 6 a 8 meses. Este prazo está ligado diretamente ao tempo que o candidato leva para completar o seu cadastro, incluindo certificados e avaliações médicas. Este prazo pode variar pois cada companhia marítima tem um procedimento de embarque diferente.
Os tripulantes são contratados sobre regime de contrato temporário internacional.
O tempo de contrato vai de 6 a 9 meses, dependendo da companhia contratante e da sua função no navio.
Normalmente a moeda utilizada é o Dólar americano, porém existem companhias que pagam em Euros. Os pagamentos podem dependendo da companhia, serem pagos semanal, quinzenal ou mensalmente.
Seu salário varia de acordo com a sua posição. Tenha em mente que grande parte do seu salário será proveniente das gorjetas pagas pelos passageiros, ou seja, quanto melhor o seu atendimento maior o valor que receberá.
Pode, tudo dependerá do seu desempenho durante o contrato, lembre que o seu supervisor estará avaliando você sempre. Disposição, colaboração, aparência, habilidades técnicas e línguas são algumas das suas qualidades a serem avaliadas.
Existem companhias que descontam o valor do uniforme que o tripulante irá usar ou o valor da passagem. Normalmente o tripulante não sofre nenhum tipo de desconto ou imposto governamental, recebendo seu salário integralmente. Lembre-se que não há gasto com hospedagem, comida e assistência médica.
Varia de acordo com a companhia contratante, sendo que algumas fornecem a passagem de ida e a de volta fica por conta do tripulante e outras companhias pagam a ida e a volta. Por outro lado existem companhias que não pagam nenhum dos trechos.
O local onde irá embarcar só será de conhecimento no dia em que a companhia informar sua data de embarque. Normalmente os embarques se realizam em outros países ou no Brasil.
Em um navio de passageiros não existe dia de folga e sim horas de folga. A escala pode ser semanal ou diária e você terá tempo de programar seu tempo livre. Todo tripulante trabalha em média de 11 horas por dia, normalmente são períodos intercalados de trabalho e descanso.
Sim, você terá oportunidade de conhecer muitos lugares e pessoas diferentes, sempre que você esteja de folga no dia escalado.
Uma das responsabilidades da companhia é a assistência médica, ou seja, a partir do momento que você embarca e assina um contrato com a empresa ela lhe oferece uma assistência médica, arcando com todos os custos. Todas as companhias têm um médico a bordo que dá assistência aos tripulantes.
Sim, a cada dia se torna mais comum os tripulantes voltarem para próximos contratos. Considere que a companhia também esta interessada em dar essa oportunidade de carreira aos seus tripulantes.
Como em qualquer mercado de trabalho, as promoções acontecem com aquelas pessoas que se destacam, seja por mérito ou experiência. Saiba esperar o momento certo, as oportunidades virão.
Geralmente para isto, o candidato deve fazer um novo processo seletivo, incluindo uma nova entrevista, focada para a vaga desejada, e para isto o candidato deverá preencher os requisitos e aptidões daquele cargo.
Você receberá uma carta de embarque e um pré-contrato onde constarão as informações de contato do agente portuário encarregado de recepcioná-lo no aeroporto do seu destino final. É ele quem irá orientá-lo no seu caminho até o porto de embarque onde o navio se encontra.
Entre em contato com a agência portuária da sua companhia de cruzeiro no seu porto de embarque.
Aconselhamos os tripulantes a não desembarcarem antes de finalizar o contrato já que as companhias de cruzeiros não vêem com bons olhos os contratos não terminados. Além disso, tripulantes que saem do navio antes do fim do contrato não recebem proposta para outros contratos. Se você precisar sair do navio antes de terminar o contrato, você será responsável pelo pagamento da passagem de volta para casa pois a companhia de cruzeiros só paga a passagem de volta para tripulantes que terminam os contratos.
São cabines pequenas com banheiros compartilhadas entre 2 a 4 tripulantes. Evite levar muita bagagem pois o espaço é reduzido.

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /var/www/html/ismbr.net/web/faq.php on line 584